06/12/2011
Saúde mais perto de você disponibiliza recursos para informatização de UBS e Telessaúde

 

Com recursos da estratégia “Saúde mais perto de você”, Ministério da Saúde disponibiliza R$ 26,8 milhões para aplicar em informatização de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e implantação de núcleos de Telessaúde que darão suporte às equipes de Saúde da Família e aos profissionais das UBS de 1.095 municípios.


A Portaria nº 2.815, publicada no último dia 29 de novembro, habilita à estratégia municípios dos estados de São Paulo, Alagoas, Bahia, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Sul, Piauí, Pernambuco, Maranhão, Goiás e Ceará.


O Telessaúde é um programa que oferece às equipes de Atenção Básica teleconsultoria à distância, utilizando tecnologias de informação e comunicação. O programa permite que profissionais de saúde troquem informações sem sair dos postos de atendimento por meio de videoconferências e internet.
A ferramenta integra regiões mais distantes aos grandes centros de pesquisa e referência, permitindo ações como uma segunda opinião de médicos especialistas e outros profissionais, além facilitar discussão de casos com equipe multiprofissional. Isso evita deslocamentos desnecessários do paciente, qualifica o diagnóstico e permite a educação permanente dos profissionais de saúde.
“O Telessaúde amplia a resolutividade da Atenção Básica na medida em que possibilita, via online, interação entre os profissionais que estão nos centros e os que estão em bairros distantes, áreas rurais e unidades fluviais”, afirmou o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
Além de informatizar 10.966 equipes de Saúde da Família em 2.036 municípios brasileiros, serão implantados mais 38 novos núcleos técnico-científicos de Telessaúde. Até 2014 serão destinados R$280 milhões para a construção destes novos núcleos.

SAÚDE MAIS PERTO DE VOCÊ – Lançado pelo Ministério da Saúde, a estratégia “Saúde Mais Perto de Você” prevê uma série de incentivos para a qualificação das equipes da Atenção Básica e recursos para melhoria de infra-estrutura nas Unidades Básicas de Saúde.


Acesse a Portaria