Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Ncleo Ampliado de Sade da Famlia e Ateno Bsica (NASF-AB)

O Ncleo Ampliado de Sade da Famlia e Ateno Bsica (NASF-AB) foi criado pelo Ministrio da Sade em 2008 com o objetivo de apoiar a consolidao da Ateno Bsica no Brasil, ampliando as ofertas de sade na rede de servios, assim como a resolutividade, a abrangncia e o alvo das aes.

Atualmente regulamentados pela Portaria de Consolidao n 2, os ncleos configuram-se como equipes multiprofissionais que atuam de forma integrada com as equipes de Sade da Famlia (eSF), as equipes de Ateno Bsica para populaes especficas (consultrios na rua, equipes ribeirinhas e fluviais) e com o Programa Academia da Sade.


Esta atuao integrada permite realizar discusses de casos clnicos; o atendimento compartilhado entre profissionais, tanto na Unidade de Sade como nas visitas domiciliares e possibilita a construo conjunta de projetos teraputicos de forma a ampliar e qualificar as intervenes no territrio e na sade de grupos populacionais. Essas aes de sade tambm podem ser intersetoriais, com foco prioritrio nas aes de preveno e promoo da sade.

Com a publicao da Portaria 3.124, de 28 de dezembro de 2012, o Ministrio da Sade criou uma terceira modalidade de conformao de equipe: o NASF 3, abrindo a possibilidade de qualquer municpio do Brasil aderir implantao de equipes NASF, desde que tenha ao menos uma (01) equipe de Sade da Famlia.

Em 2018, o Ministrio celebrou 10 anos da criao do NASF-AB. Ao longo do ano foram realizadas aes celebrativas, como os Encontros Estaduais para Fortalecimento da Ateno Bsica ; a srie de vdeos 10 anos do NASF ; e as lives com temticas pertinentes ao NASF.

As modalidades de NASF hoje esto assim definidas:

Modalidades N de equipes vinculadas Somatria das Cargas Horrias Profissionais*
NASF 1 5 a 9 eSF e/ou eAB para populaes especficas (eCR, eSFR e eSFF) Mnimo 200 horas semanais; Cada ocupao deve ter no mnimo 20h e no mximo 80h de carga horria semanal;
NASF 2 3 a 4 eSF e/ou eAB para populaes especficas (eCR, eSFR e eSFF) Mnimo 120 horas semanais; Cada ocupao deve ter no mnimo 20h e no mximo 40h de carga horria semanal;
NASF 3 1 a 2 eSF e/ou eAB para populaes especficas (eCR, eSFR e eSFF) Mnimo 80 horas semanais; Cada ocupao deve ter no mnimo 20h e no mximo 40h de carga horria semanal;
*Nenhum profissional poder ter carga horria semanal menor que 20 horas. eCR - Equipe Consultrio na Rua; eSFR - Equipe Sade da Famlia Ribeirinha; eSFF - Equipe Sade da Famlia Fluvial

Podero compor os NASF as seguintes ocupaes do Cdigo Brasileiro de Ocupaes (CBO):
Mdico acupunturista; assistente social; profissional/professor de educao fsica; farmacutico; fisioterapeuta; fonoaudilogo; mdico ginecologista/obstetra; mdico homeopata; nutricionista; mdico pediatra; psiclogo; mdico psiquiatra; terapeuta ocupacional; mdico geriatra; mdico internista (clnica mdica), mdico do trabalho, mdico veterinrio, profissional com formao em arte e educao (arte educador) e profissional de sade sanitarista, ou seja, profissional graduado na rea de sade com ps-graduao em sade pblica ou coletiva ou graduado diretamente em uma dessas reas.
A composio de cada um dos NASF ser definida pelos gestores municipais, seguindo os critrios de prioridade identificados a partir dos dados epidemiolgicos e das necessidades locais e das equipes de sade que sero apoiadas.

Clique aqui para saber como implantar equipes NASF em seu municpio.