Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   youtube   youtube   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   youtube   youtube   
  

facebook   youtube   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Preveno e Controle de Agravos Nutricionais

Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais Preveno e Controle de Agravos Nutricionais

Deficincia de Ferro


A anemia por deficincia de ferro, no Brasil, o problema nutricional de grande magnitude e acomete principalmente as crianas, as mulheres em idade frtil e as gestantes. No Brasil, a Pesquisa Nacional de Demografia e Sade - PNDS 2006 avaliou, pela primeira vez em nvel nacional, a prevalncia de anemia em crianas e observou que 20,9% das crianas menores de 5 anos apresentam anemia, ou seja, aproximadamente 3 milhes de crianas brasileiras apresentam anemia. As maiores prevalncias foram observadas no Nordeste (25,5%), Sudeste (22,6%) e Sul (21,5%). A regio Norte (10,4%) e a regio Centro-Oeste (11,0%) apresentaram as prevalncias mais baixas. No entanto, diversos estudos conduzidos em diferentes locais apresentaram prevalncia de anemia em crianas superior a 50% (Spinelli 2005; Jordo 2009; Vieira 2010). A prevalncia de anemia em mulheres no pas, avaliado pela PNDS de 29,4%, sendo que as maiores prevalncias foram observadas nas regies Nordeste (39%), Sudeste (28,5%) e Sul (24,8). A prevalncia observada para as mulheres residentes na regio Centro-Oeste de 20,1% e 19,3% na regio Norte.

A anemia traz srias consequncias, incluindo o aumento na mortalidade em mulheres e crianas, diminuio da capacidade de aprendizagem e diminuio da produtividade em indivduos em todos os ciclos vitais. Esses efeitos perversos sobre a sade fsica e mental afetam a qualidade de vida e a produtividade. Diante desse panorama, de extrema importncia a adoo de polticas pblicas para preveno e controle da anemia por deficincia de ferro no pas.

Diversos so os fatores reconhecidos como determinantes da anemia. Veja o diagrama abaixo que aponta as principais causas e as janelas de oportunidade para a preveno da anemia e as possveis intervenes para controlar tais fatores.


Em maio de 1999, o Ministrio da Sade, com o intuito de unir foras para a reduo da prevalncia da anemia por deficincia de ferro no pas, estabeleceu o Compromisso social para a reduo da anemia ferropriva no Brasil. O propsito do Compromisso foi definir as bases e os mecanismos entre as partes, para promover ampla mobilizao nacional, em prol da reduo da anemia por deficincia de ferro no pas, por intermdio da promoo da alimentao adequada e saudvel, da orientao do consumidor para a diversificao de dieta a baixo custo, da distribuio de suplementos na rede de sade para grupos populacionais especficos e da fortificao das farinhas de trigo e milho. Mais recentemente, a preveno da anemia, em funo da sua ampla associao com as desigualdades sociais, foi incorporada Ao Brasil Carinhoso do Plano Brasil Sem Misria e tem por objetivo contribuir com a eliminao da extrema pobreza no pas.

Conhea mais sobre as aes desenvolvidas pelo Ministrio da Sade para a preveno da anemia clicando abaixo: