Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Vigilncia Alimentar e Nutricional



Perguntas Frequentes sobre Vigilncia Alimentar e Nutricional:


A VAN destaca-se dentre as nove diretrizes da PNAN e constitui-se como estratgia essencial para a ateno nutricional no SUS, ou seja, para organizao e gesto dos cuidados em alimentao e nutrio na Rede de Ateno Sade. Essa organizao dever ser iniciada pelo reconhecimento da situao alimentar e nutricional de toda populao adstrita aos servios e s equipes de Ateno Bsica.
A VAN deve ser exercida por todos os profissionais e gestores que atuam na Ateno Bsica. Entretanto, os tcnicos responsveis por essa ao devem promover condies para que a VAN acontea e faa sentido. preciso garantir uma infraestrutura e equipamentos adequados e a qualificao e motivao dos profissionais de sade para exercer a atitude de vigilncia em suas prticas cotidianas; alm de estruturar e organizar os processos de trabalho e permitir a realizao das etapas propostas pelo Ciclo de Gesto e Produo do Cuidado. Maiores detalhes consultar o Marco de Referncia da Vigilncia Alimentar e Nutricional.
O Sisvan o sistema de informao com o objetivo de auxiliar na gesto das informaes da VAN, desde o registro de dados antropomtricos e de marcadores do consumo alimentar at a gerao de relatrios. O Sisvan agrega os dados de acompanhamentos provenientes do exerccio da VAN na rotina dos servios de sade de Ateno Bsica.
A partir da verso 3.0 do Sisvan, necessrio ter acesso (possuir login e senha) plataforma WEB e-Gestor AB. Coordenadores j cadastrados nos sistemas da PNAN at ento devem utilizar o login e senha j gerados dentro desses prprios sistemas para acesso pelo e-Gestor. Novos Coordenadores devem ser cadastrados no e-Gestor pelo Gestor da Ateno Bsica de seu municpio ou estado.
Dvida sobre a utilizao do e-Gestor, entrar em contato com a Ouvidoria do SUS por meio do email suporte.sistemas@saude.gov.br ou pelo Disque Sade (136 opo 8).
No h nenhum repasse de recurso associado alimentao do SISVAN a nvel federal, no entanto, interessante consultar tambm a gesto estadual e municipal para verificar se h alguma iniciativa associada ao SISVAN. Apesar de no existir repasse de recurso associado ao Sisvan, fundamental reconhecer o papel da Vigilncia Alimentar e Nutricional em proporcionar o diagnstico local e oportuno dos agravos alimentares e nutricionais, bem como a identificao de fatores de risco ou proteo, tais como o aleitamento materno e a introduo da alimentao complementar, que possibilitaro a constante avaliao e organizao da ateno nutricional no SUS, identificando prioridades de acordo com o perfil alimentar e nutricional da populao assistida.
A base de dados do Sisvan composta pelos registros de acompanhamentos provenientes do Sistema de Gesto do Programa Bolsa Famlia na Sade (SISPBF), do e-SUS AB e do prprio Sisvan. As informaes referentes ao acompanhamento do estado nutricional dos beneficirios do PBF so incorporadas ao Sisvan no final de cada vigncia (primeira vigncia de janeiro a junho e segunda vigncia de julho a dezembro). J os dados do e-SUS esto sendo incorporados gradativamente, respeitando-se o cronograma de envio de dados pelas equipes de Ateno Bsica para a base nacional do SISAB.
A Portaria n 97, de 6 de janeiro de 2017, estabelece os prazos para o envio da produo da Ateno Bsica para o Sistema de Informao em Sade para a Ateno Bsica (SISAB) referente s competncias de janeiro a dezembro de 2017, com isso estamos trabalhando para definir o cronograma de integrao, que est sendo operado e testado pelo Ncleo de Tecnologia da Informao do DAB (NTI/DAB) em conjunto com o DATASUS.
De maneira preliminar, identifica-se que o perodo mnimo para que o dado registrado no e-SUS passe a compor a base de dados do Sisvan seja de cerca de 2 meses, e isso dever ser considerado no monitoramento de aes e estratgias que envolvam os relatrios do Sisvan.
Todos os registros, identificados com Carto Nacional de Sade, de antropometria e de marcadores do consumo alimentar do e-SUS devem compor a base de dados do Sisvan. Segue detalhamento das fichas com informaes de interesse para o Sisvan:

- Informaes de cadastro das Fichas de Cadastro Domiciliar e Individual;
- Ficha de Atendimento Individual;
- Ficha de Atividade Coletiva;
- Ficha de Visita Domiciliar e Territorial; e
- Formulrio de Marcadores do Consumo Alimentar.
A rotina de integrao entre os sistemas est sob responsabilidade do Ncleo de Tecnologia da Informao (NTI/DAB/SAS/ Ministrio da Sade) em conjunto com o DATASUS.
No. Para que o municpio com sistema prprio realize o envio de dados de antropometria e de marcadores do consumo alimentar registrados em um sistema prprio, este dever seguir as orientaes de integrao com o e-SUS AB, por meio das tecnologias Apache Thrift ou XML.
Maiores informaes em: dab.saude.gov.br/portaldab/esus.php?conteudo=integracao.

Sua dvida no foi contemplada aqui? Dvidas sobre o sistema, escreva para : suporte.sistemas@saude.gov.br ou ligue no 136, opo 8.


Materiais de Apoio:
- Sumrio Executivo da Agenda de Pesquisas em Alimentao e Nutrio
- Marco de Referncia da Vigilncia Alimentar e Nutricional na Ateno Bsica
- Orientaes para Avaliao de Marcadores de Consumo Alimentar na Ateno Bsica
- Protocolos do sisvan
- Orientaes para coleta de dados antropomtricos
- Manual orientador para aquisio de equipamentos antropomtricos

Documentos Documentos SISVAN Web
Documentos Informes
Fale Conosco:
cgan@saude.gov.br

FAQ:
- Perguntas Frequentes

Acesse o Sistema:
Gerador de relatriosGerador de relatrios