Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto   
  
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Biblioteca / Estao Multimdia



Estratgia de Fortificao caseira no Brasil: workshop 29 e 30 de setembro de 2011 Braslia - DF
Estratgia de Fortificao caseira no Brasil: workshop 29 e 30 de setembro de 2011 Braslia - DF Workshop (Anais) Ministrio da Sade. Secretaria de Ateno Sade. Departamento de Ateno Bsica. 29 e 30 de setembro de 2011 Ministrio da Sade Programas e Polticas de Alimentao e Nutrio. Sade da Criana. Desnutrio Infantil. Doenas da Nutrio. Anemias Nutricionais. Deficincia de Ferro. Agravos Sade. Alimentao e Nutrio. Deficincia de Micronutrientes.
Clique aqui para realizar o download - BRASIL. Ministrio da Sade. Sade da famlia no Brasil: uma anlise de indicadores selecionados: 1998-2005/2006. Braslia: Ministrio da Sade, 2008. (Srie C. Projetos, Programas e Relatrios) Oficina de Trabalho sobre a Estratgia de Fortificao Caseira no Brasil, realizada pelo Ministrio da Sade em parceria com a Unicef/Brasil, nos dias 29 e 30 de setembro, em Braslia, na qual se reuniram representantes do Ministrio da Sade, Anvisa e sociedades mdicas, pesquisadores brasileiros e internacionais e representantes dos governos do Mxico, Peru e Equador. O principal objetivo da reunio foi conhecer as experincias bem-sucedidas de programas de fortificao caseira com micronutrientes em p e debater os desafios para a implementao da estratgia de fortificao caseira no Brasil. Dentre os temas discutidos, destacaram-se: o cenrio nutricional e das polticas de sade e nutrio para as crianas brasileiras, com nfase nos avanos da reduo da desnutrio e no problema de sade pblica representado pela anemia no Brasil; a importncia dos micronutrientes no desenvolvimento infantil; a eficcia, efetividade, segurana e mecanismos de implementao da estratgia de fortificao caseira, tendo em vista as evidncias e experincias internacionais; as experincias nacionais do Equador, Mxico e Peru, em que se destacaram, como aspectos comuns, a logstica da implementao dos programas nacionais e a importncia de estratgias de comunicao para profissionais de sade e do monitoramento e avaliao das iniciativas; os desafios para o planejamento e implementao da estratgia de fortificao caseira no Brasil; os aspectos regulatrios dos mltiplos micronutrientes em p no Brasil; o monitoramento e a avaliao para as estratgias.