Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto   
  
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

E-SUS Atenção Básica




Sobre o e-SUS AB

O e-SUS Atenção Básica (e-SUS AB) é uma estratégia do Departamento de Atenção Básica para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. Esta ação está alinhada com a proposta mais geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS, faz referência ao processo de informatização qualificada do SUS em busca de um SUS eletrônico.


Área de Download do Sistema

ATENÇÃO! A partir da versão 1.2, os softwares PEC e CDS somente importarão informações do CNES, de arquivos XML gerados e disponibilizados no portal http://cnes.datasus.gov.br. Solicite ao gestor do CNES no seu município que obtenha o referido arquivo na área restrita do portal.
O que desejo fazer?

- Faça o download do arquivo de instalação do PEC (versão treinamento).
- Durante a instalação, em todas as telas clique em "Avançar" até concluir o processo.
- Para iniciar o aplicativo, abra seu navegador de Internet e coloque o endereço http://localhost:8080/esus .
- Caso o PEC seja utilizado somente por um município não marque a caixa de seleção multimunicipal.
- Informe a usabilidade do PEC ou seja, prontuário eletrônico para registro e controle dos atendimentos ou centralizador para somente recebimento e envio dos dados.
- Informe o município.
- Informe o CPF do responsável pela instalação indicado pelo gestor no Sistema de Controle de Instalação do e-SUS AB.
- Cadastre a senha do administrador utilizando a senha padrão: esus.

Atenção:

Instalação de PEC Treinamento possui algumas características específicas:
- Não envia informações para a Base Nacional.
- Envia dados somente para outra instalação do tipo PEC Treinamento
- Não precisa ser autenticado com Conta-Chave.
- Todas as informações digitadas serão apagadas após 10 dias
Faça o download do arquivo de instalação do PEC treinamento para linux.

Instalação em um ambiente Linux, sem a existência de instalação prévia do servidor de aplicação JBoss

1 - Garantir que existe uma versão do java instalado. Versão igual ou superior a Java 6

Opção 1: OpenJDK (http://openjdk.java.net/install/)
Debian, Ubuntu, etc.
> sudo apt-get install openjdk-6-jdk

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install java-1.6.0-openjdk

Opção 2: Oracle Java SE (http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/index-137561.html)

2. Instalar o Apache Ant:
Debian, Ubuntu, etc.
$> sudo apt-get install ant

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install ant

3. Instalar o unzip:
Debian, Ubuntu, etc.
$> sudo apt-get install unzip

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install unzip

4 - Instalar e configurar o servidor de aplicação compatível com o e-SUS AB PEC (JBoss AS 7.2.0):

4.1 Execute o script de instalação: $> sh instalador_linux.sh

4.2 Escolha qual das opções de banco de dados irá utilizar: H2(1) ou ORACLE(2)

4.3 Caso você tenha selecionado a opção ORACLE(2), siga os passos abaixo, senão siga ao próximo:

- Execute:
$> sudo nano /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/standalone/configuration/standalone.xml

- Substitua os seguinte parâmetros:

1. ORACLE_JDBC_URL - URL JDBC para acesso ao banco de dados
- Oracle XE: jdbc:oracle:thin:@IP:PORTA:SID
- Oracle Enterprise: jdbc:oracle:thin:@IP:PORTA/SERVICE_NAME

2. USERNAME - Usuário para acesso ao banco de dados

3. PASSWORD - Senha para acesso ao banco de dados

4.4 Para iniciar a aplicação, execute:

- Distribuições LSB
$> sudo sh /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/bin/init.d/jboss-as-standalone-lsb.sh start

- Distribuições Non LSB
$> sudo sh /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/bin/init.d/jboss-as-standalone-non-lsb.sh start

OBS: Após iniciar a aplicação aguarde em torno de 2 minutos para abrí-la no navegador

4.5 Com a aplicação rodando, vá no seu navegador e digite a seguinte URL: IP_DO_SERVIDOR:8080/esus

OBS: Para informações sobre a administração do JBoss, recomenda-se a leitura do link https://docs.jboss.org/author/display/AS71/Admin+Guide
- Faça o download do arquivo de instalação do PEC (produção).
- Durante a instalação, em todas as telas clique em "Avançar" até concluir o processo.
- Para iniciar o aplicativo, abra seu navegador de Internet e coloque o endereço http://localhost:8080/esus .
- Caso o PEC seja utilizado somente por um município não marque a caixa de seleção multimunicipal.
- Informe a usabilidade do PEC ou seja, prontuário eletrônico para registro e controle dos atendimentos ou centralizador para somente recebimento e envio dos dados.
- Informe o município.
- Informe o CPF do responsável pela instalação indicado pelo gestor no Sistema de Controle de Instalação do e-SUS AB.
- Entre em contato com a central de atendimento 136 para informar a chave e obter a contra chave para concluir o processo de instalação.

Faça o download do arquivo de instalação do PEC para linux.

Instalação em um ambiente Linux, sem a existência de instalação prévia do servidor de aplicação JBoss

1 - Garantir que existe uma versão do java instalado. Versão igual ou superior a Java 6

Opção 1: OpenJDK (http://openjdk.java.net/install/)
Debian, Ubuntu, etc.
> sudo apt-get install openjdk-6-jdk

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install java-1.6.0-openjdk

Opção 2: Oracle Java SE (http://www.oracle.com/technetwork/java/javase/index-137561.html)

2. Instalar o Apache Ant:
Debian, Ubuntu, etc.
$> sudo apt-get install ant

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install ant

3. Instalar o unzip:
Debian, Ubuntu, etc.
$> sudo apt-get install unzip

Fedora, Oracle Linux, Red Hat Enterprise Linux, etc
> sudo yum install unzip

4 - Instalar e configurar o servidor de aplicação compatível com o e-SUS AB PEC (JBoss AS 7.2.0):

4.1 Execute o script de instalação: $> sh instalador_linux.sh

4.2 Escolha qual das opções de banco de dados irá utilizar: H2(1) ou ORACLE(2)

4.3 Caso você tenha selecionado a opção ORACLE(2), siga os passos abaixo, senão siga ao próximo:

- Execute:
$> sudo nano /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/standalone/configuration/standalone.xml

- Substitua os seguinte parâmetros:

1. ORACLE_JDBC_URL - URL JDBC para acesso ao banco de dados
- Oracle XE: jdbc:oracle:thin:@IP:PORTA:SID
- Oracle Enterprise: jdbc:oracle:thin:@IP:PORTA/SERVICE_NAME

2. USERNAME - Usuário para acesso ao banco de dados

3. PASSWORD - Senha para acesso ao banco de dados 4.4 Para iniciar a aplicação, execute:

- Distribuições LSB
$> sudo sh /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/bin/init.d/jboss-as-standalone-lsb.sh start

- Distribuições Non LSB
$> sudo sh /opt/e-SUS/jboss-as-7.2.0.Final/bin/init.d/jboss-as-standalone-non-lsb.sh start

OBS: Após iniciar a aplicação aguarde em torno de 2 minutos para abrí-la no navegador

4.5 Com a aplicação rodando, vá no seu navegador e digite a seguinte URL: IP_DO_SERVIDOR:8080/esus

OBS: Para informações sobre a administração do JBoss, recomenda-se a leitura do link https://docs.jboss.org/author/display/AS71/Admin+Guide
1. Faça o download do DUMP da base Oracle.
2. Faça o restore através do utilitário impdp (data pump)
3. Faça o download da aplicação e-SUS AB PEC.
4. Efetue as configurações a seguir, por meio dos arquivos standalone.xml ou domain.xml (dependendo do tipo de instalação existente)

4.1. Configuração do cache infinispan
<cache-container name="esus" default-cache="usersession">
    <local-cache name="usersession">
        <transaction mode="NONE"/>
        <eviction strategy="LRU" max-entries="10000"/>
        <expiration lifespan="604800000"/>
    </local-cache>
</cache-container>
4.2. Configuração do DataSource

<datasources>
     <datasource jta="true" jndi-name="java:jboss/datasources/ESUS" pool-name="ESUS_POOL" enabled="true" use-java-context="true" use-ccm="true">
        <!-- Utilizar a opção que se adequar ao ambiente Oracle a ser instalado -->
        <!-- Oracle XE <connection-url>jdbc:oracle:thin:@HOST:PORTA:SID</connection-url> -->
        <!-- Oracle Enterprise <connection-url>jdbc:oracle:thin:@HOST:PORTA/SERVICE_NAME</connection-url> -->
        <driver>oracleXA</driver>
        <new-connection-sql></new-connection-sql>
        <pool>
            <min-pool-size>10</min-pool-size>
            <max-pool-size>500</max-pool-size>
            <prefill>true</prefill>
        </pool>
        <timeout>
            <blocking-timeout-millis>5000</blocking-timeout-millis>
            <idle-timeout-minutes>2</idle-timeout-minutes>
        </timeout>
        <security>
            <user-name>USER</user-name>
            <password>PASSWORD</password>
        </security>
        <validation>
            <check-valid-connection-sql>SELECT * FROM DUAL</check-valid-connection-sql>
            <validate-on-match>false</validate-on-match>
            <background-validation>false</background-validation>
            <use-fast-fail>false</use-fast-fail>
        </validation>
    </datasource>
    <drivers>
        <driver name="oracleXA" module="com.oracle.jdbc4">
            <xa-datasource-class>oracle.jdbc.OracleDriver</xa-datasource-class>
        </driver>
    </drivers>
</datasources>


4.3. Configuração JMS

    4.3.1 Carregar extensão

        <extension module="org.jboss.as.messaging"/>

    4.3.2. Após </session-bean> adicionar

        <mdb>
            <resource-adapter-ref resource-adapter-name="hornetq-ra"/>
            <bean-instance-pool-ref pool-name="mdb-strict-max-pool"/>
        </mdb>

    4.3.3. Adicionar subsystem

        <subsystem xmlns="urn:jboss:domain:messaging:1.3">
            <hornetq-server>
                <persistence-enabled>true</persistence-enabled>
                <journal-type>NIO</journal-type>
                <journal-min-files>2</journal-min-files>
                <connectors>
                    <in-vm-connector name="in-vm" server-id="0"/>
                </connectors>
                <acceptors>
                    <in-vm-acceptor name="in-vm" server-id="0"/>
                </acceptors>
                <security-settings>
                    <security-setting match="#">
                        <permission type="send" roles="guest"/>
                        <permission type="consume" roles="guest"/>
                        <permission type="createNonDurableQueue" roles="guest"/>
                        <permission type="deleteNonDurableQueue" roles="guest"/>
                    </security-setting>
                </security-settings>
                <address-settings>
                    <address-setting match="#">
                        <dead-letter-address>jms.queue.DLQ</dead-letter-address>
                        <expiry-address>jms.queue.ExpiryQueue</expiry-address>
                        <redelivery-delay>0</redelivery-delay>
                        <max-size-bytes>10485760</max-size-bytes>
                        <address-full-policy>BLOCK</address-full-policy>
                        <message-counter-history-day-limit>10</message-counter-history-day-limit>
                    </address-setting>
                </address-settings>
                <jms-connection-factories>
                    <connection-factory name="InVmConnectionFactory">
                        <connectors>
                            <connector-ref connector-name="in-vm"/>
                        </connectors>
                        <entries>
                            <entry name="java:/ConnectionFactory"/>
                        </entries>
                    </connection-factory>
                    <pooled-connection-factory name="hornetq-ra">
                        <transaction mode="xa"/>
                            <connectors>
                                <connector-ref connector-name="in-vm"/>
                            </connectors>
                            <entries>
                                <entry name="java:/JmsXA"/>
                            </entries>
                        </pooled-connection-factory>
               </jms-connection-factories>
            </hornetq-server>
        </subsystem>
5. Colocar o arquivo EAR baixado anteriormente no diretório de deploy do Jboss e iniciar o serviço
1. Faça o download do DUMP da base Oracle.
2. Faça o restore através do utilitário impdp (data pump)
3. Faça o download da aplicação e-SUS AB PEC.
4. Efetue as configurações a seguir, por meio dos arquivos standalone.xml ou domain.xml (dependendo do tipo de instalação existente)

4.1. Configuração do cache infinispan
<cache-container name="esus" default-cache="usersession">
    <local-cache name="usersession">
        <transaction mode="NONE"/>
        <eviction strategy="LRU" max-entries="10000"/>
        <expiration lifespan="604800000"/>
    </local-cache>
</cache-container>
4.2. Configuração do DataSource

<datasources>
     <datasource jta="true" jndi-name="java:jboss/datasources/ESUS" pool-name="ESUS_POOL" enabled="true" use-java-context="true" use-ccm="true">
        <!-- Utilizar a opção que se adequar ao ambiente Oracle a ser instalado -->
        <!-- Oracle XE <connection-url>jdbc:oracle:thin:@HOST:PORTA:SID</connection-url> -->
        <!-- Oracle Enterprise <connection-url>jdbc:oracle:thin:@HOST:PORTA/SERVICE_NAME</connection-url> -->
        <driver>oracleXA</driver>
        <new-connection-sql></new-connection-sql>
        <pool>
            <min-pool-size>10</min-pool-size>
            <max-pool-size>500</max-pool-size>
            <prefill>true</prefill>
        </pool>
        <timeout>
            <blocking-timeout-millis>5000</blocking-timeout-millis>
            <idle-timeout-minutes>2</idle-timeout-minutes>
        </timeout>
        <security>
            <user-name>USER</user-name>
            <password>PASSWORD</password>
        </security>
        <validation>
            <check-valid-connection-sql>SELECT * FROM DUAL</check-valid-connection-sql>
            <validate-on-match>false</validate-on-match>
            <background-validation>false</background-validation>
            <use-fast-fail>false</use-fast-fail>
        </validation>
    </datasource>
    <drivers>
        <driver name="oracleXA" module="com.oracle.jdbc4">
            <xa-datasource-class>oracle.jdbc.OracleDriver</xa-datasource-class>
        </driver>
    </drivers>
</datasources>


4.3. Configuração JMS

    4.3.1 Carregar extensão

        <extension module="org.jboss.as.messaging"/>

    4.3.2. Após </session-bean> adicionar

        <mdb>
            <resource-adapter-ref resource-adapter-name="hornetq-ra"/>
            <bean-instance-pool-ref pool-name="mdb-strict-max-pool"/>
        </mdb>

    4.3.3. Adicionar subsystem

        <subsystem xmlns="urn:jboss:domain:messaging:1.3">
            <hornetq-server>
                <persistence-enabled>true</persistence-enabled>
                <journal-type>NIO</journal-type>
                <journal-min-files>2</journal-min-files>
                <connectors>
                    <in-vm-connector name="in-vm" server-id="0"/>
                </connectors>
                <acceptors>
                    <in-vm-acceptor name="in-vm" server-id="0"/>
                </acceptors>
                <security-settings>
                    <security-setting match="#">
                        <permission type="send" roles="guest"/>
                        <permission type="consume" roles="guest"/>
                        <permission type="createNonDurableQueue" roles="guest"/>
                        <permission type="deleteNonDurableQueue" roles="guest"/>
                    </security-setting>
                </security-settings>
                <address-settings>
                    <address-setting match="#">
                        <dead-letter-address>jms.queue.DLQ</dead-letter-address>
                        <expiry-address>jms.queue.ExpiryQueue</expiry-address>
                        <redelivery-delay>0</redelivery-delay>
                        <max-size-bytes>10485760</max-size-bytes>
                        <address-full-policy>BLOCK</address-full-policy>
                        <message-counter-history-day-limit>10</message-counter-history-day-limit>
                    </address-setting>
                </address-settings>
                <jms-connection-factories>
                    <connection-factory name="InVmConnectionFactory">
                        <connectors>
                            <connector-ref connector-name="in-vm"/>
                        </connectors>
                        <entries>
                            <entry name="java:/ConnectionFactory"/>
                        </entries>
                    </connection-factory>
                    <pooled-connection-factory name="hornetq-ra">
                        <transaction mode="xa"/>
                            <connectors>
                                <connector-ref connector-name="in-vm"/>
                            </connectors>
                            <entries>
                                <entry name="java:/JmsXA"/>
                            </entries>
                        </pooled-connection-factory>
               </jms-connection-factories>
            </hornetq-server>
        </subsystem>
5. Colocar o arquivo EAR baixado anteriormente no diretório de deploy do Jboss e iniciar o serviço
- Faça o download do arquivo de atualização do PEC (produção). - Durante a instalação, em todas as telas clique em "Avançar" até concluir o processo.
- Para iniciar o aplicativo, abra seu navegador de Internet e coloque o endereço http://localhost:8080/esus.
- Digitar seu usuário e senha cadastrado anteriormente na instalação do PEC (produção).
- No campo "sobre", conferir se a instalção foi atualizada para 1.2

- Envie todos os dados das instalações CDS 1.1 para o PEC 1.1, verificando em seguida, o resultado da transmissão
- É importante garantir o backup dos dados, copiando a pasta "../bin/database/" para um local seguro caso o banco de dados utilizado seja H2.
- Faça o download do arquivo do PEC 1.2
- Execute o Instalador do PEC 1.2
- Clique em "Avançar" até a tela onde é necessário informar o local de instalação da versão 1.1. É importante que este endereço esteja correto para que o processo de atualização tenha sucesso.
- Acesse o sistema e verifique, clicando em "Sobre", se a versão foi alterada para 1.2.
- Ao final, confira se todos os dados foram mantidos.

- Faça o download do CDS 1.2.
- Execute o instalador do CDS 1.2.
- Clique em "Avançar" em todas as telas.
- Faça o download do CDS 1.2.
- Execute o instalador do CDS 1.2.
- Clique em "Avançar" em todas as telas.
- Faça o download do CDS 1.2.
- Execute o instalador do CDS 1.2.
- Clique em "Avançar" em todas as telas.
- É importante garantir o backup dos dados, copiando a pasta "../bin/database/" para um local seguro ou exportar os dados a ser enviados na versão 1.1 para importar no PEC.
- Faça o download do CDS versão 1.2.
- Execute o instalador do CDS versão 1.2.
- Instale na mesma pasta onde foi instalado o CDS versão 1.1.
- Após a instalação, abra o sistema CDS e verifique na aba "Sobre" a versão do CDS instalada.

Modelo de Integração para "Sistemas Próprios"

Para profissionais de TI
Um grande desafio para a Estratégia e-SUS AB é a integração com outros sistemas de informação. Muitos municípios já desenvolveram e implementaram ao longo do tempo, tecnologias e estratégias de informatização do processo de trabalho nas suas Unidades Básicas de Saúde.

Para todos os municípios que se enquadram nessa situação, o Departamento de Atenção Básica estabeleceu como padrão, um modelo inicial de integração entre o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC) do e-SUS AB e esses sistemas. Esse modelo permitirá de maneira prática a migração dos dados registrados nesses "sistemas próprios" para o PEC e-SUS AB e assim, transmitidos para o Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica (SISAB).

Esse modelo inicial de integração tem como base, o framework Apache Thrift que além de interessante, é simples e de alta performance. Este framework é amplamente utilizado hoje no mundo com grandes investimentos de empresas como Twitter, Linkedin e Facebook.

Observe na figura abaixo onde ocorrerá essa integração. As linhas pontilhadas são fluxos alternativos de envio de dados que poderão ser configuradas nas instalações PEC e-SUS AB.



Existem vários sites sobre esse framework como, por exemplo, http://www.devmedia.com.br/integrando-apache-camel-e-apache-thrift/26994, porém, toda documentação oficial bem como os instaladores estão disponíveis nos sites http://thrift.apache.org e http://thrift.apache.org/docs/install/.

Abaixo, estão disponíveis para download os arquivos que possibilitam a utilização desse framework na importação de dados de outros sistemas de informação para o PEC e-SUS AB.

Thrift Cidadão - Este Thrift permite integrar o PEC a outro sistema de informação migrando uma base de cadastro de cidadãos, minimizando o esforço de recadastramento e digitação. O cidadão é identificado pelo CNS ou CPF, sendo assim, os dados já existentes serão alterados com a nova importação quando for localizado o mesmo cidadão. Esta importação pode ser realizada em qualquer momento. Observe o exemplo criado em JAVA para exportação dos dados utilizando o Thrift (ExemploThriftCidadaoJava.java).

Thrift RAS - Este Thrift é recomendado aos municípios que optarem na utilização de outros sistemas de informação e que desejam transmitir seus dados produzidos na Atenção Básica para o MS. A estrutura RAS (Registro de Atendimento Simplificado) é baseada em um conjunto mínimo de informações em saúde coletadas pelos Sistemas PEC e CDS e deverá ser adotada no processo de transmissão de dados do SISAB (Sistema de Informação em Saúde da Atenção Básica).

Thrift - Tabelas de referências


Cadastre o Responsável pela Instalação!




Para dúvidas sobre o e-SUS AB:




Contribua para o Desenvolvimento do Sistema!



A Comunidade do Software Público Brasileiro (CSPB) foi pensada como forma de permitir que Estados e Municípios, participem do desenvolvimento do sistema e-SUS AB.
Saiba mais.

Compartilhe experiências!