Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
Aumentar a fonte do texto Normalizar a fonte do texto Diminuir a fonte do texto    facebook   flickr   youtube   
  

facebook   flickr   youtube   
Ministério da Saúde - MS
Secretaria de Atenção à Saúde - SAS
Departamento de Atenção Básica - DAB

 

Mato Grosso se rene para fortalecer Ateno Bsica

Data de publicao: 09/07/2018


20 EEFAB aconteceu em Cuiab e trouxe AB para centro do debate


“Ainda não desenvolvemos o modelo perfeito de gestão, mas, entre os existentes, a Atenção Primária à Saúde tem ótimas credenciais e as evidências científicas sugerem que esta é a melhor estratégia para enfrentar os desafios da sustentabilidade do Sistema Único de Saúde (SUS)”, destacou Adriana Paula Almeida, profissional da Coordenação Geral da Atenção Básica (CGGAB/DAB/MS) e referência técnica para as pautas relacionadas à AB de Mato Grosso, no 20º Encontro Estadual para Fortalecimento da Atenção Básica, realizado nos dias 3 e 4 de julho, em Cuiabá.

Pautas como a estratégia Saúde da Família, a Promoção da Saúde, as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, o Programa Brasil Sorridente, o e-SUS AB e a informatização da Atenção Básica, as ações do Núcleo Ampliado de Saúde da Família e Atenção Básica (NASF-AB), os programas e estratégias que dialogam com a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), principal diretriz da Atenção Básica Brasileira, foram alguns dos temas debatidos.

Regina Paula de Oliveira Amorim Costa, coordenadora de Atenção Primária da Secretaria de Saúde de Mato Grosso (COAP), apresentou importantes resultados do trabalho realizado na AB local. Ela ainda destacou que a realização do encontro fortalece a relação entre estado e municípios e possibilita maior interação entre os profissionais. “A oportunidade de reunir municípios, equipes e gestores, para falar exclusivamente sobre a atenção primária, é fundamental para o desenvolvimento das ações e faz com que a gente reflita sobre como está a Atenção Básica local, amplia o debate e criar novos vínculos, abrindo mais oportunidades para que a gente dê continuidade ao que foi tratado ao longo do evento’’, reforçou.

O Encontro integra a série de atividades com foco na construção de uma agenda pela ampliação da resolutividade da Atenção Básica e, assim, da rede de atenção à saúde. Autoridades e técnicos, gestores e profissionais da Atenção Básica do estado participaram do 20º EEFAB. Com auditório cheio, 134 municípios foram representados no evento.

Ao longo dos dias de debates, oficinas e apresentações gestores municipais e estaduais puderam consultar os técnicos sobre todos os programas federais em vigência para atenção primária.

Responsável pela oficina do Requalifica, programa que prevê construção, ampliação e reforma das Unidades Básicas de Saúde (UBS), Tacilia Azevedo, profissional da equipe do DAB, explicou a necessidade de realização de momentos como aquele para elucidação de dúvidas. “O programa gera algumas dúvidas pontuais: como utilizar o Sismob, de que maneira responder diligências (quando são contestados os documentos de cadastro); quais documentações são obrigatórias no cadastramento; repasse e atraso de pagamento. Também expliquei sobre as portarias que são fundamentais para realizar corretamente o cadastramento”, relatou.

Realizado pelo Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Atenção Básica (DAB), o evento teve a parceria da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MT) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems/MT) em sua organização.

Experiências exitosas: compartilhar conhecimentos para alcançar melhores resultados

A fim de promover as práticas que já vêm gerando frutos positivos nos serviços, a organização do encontro trouxe algumas experiências exitosas para aprofundar os debates. A ideia foi dar subsídios às novas ações, além de estimular a troca de saberes entre estados e municípios. Com isso, ao sair do campo conceitual, participantes puderam refletir sobre a prática, a respeito das possibilidades de replicação nos territórios, considerando os princípios e diretrizes da AB.

João Ricardo, do município de Sorriso, trouxe para o EEFAB um projeto que já mudou a vida de muitas famílias em seu território. Realizada desde 2013 pela equipe do NASF-AB, a oficina de natação para crianças atende 150 crianças atualmente. “Transversal, o projeto envolve saúde e educação, entre outros parceiros, e busca combater à obesidade infantil. Duas vezes por semana crianças e adolescentes, entre 6 e 17 anos, participam das aulas. Além da natação, recebem orientações de nutricionista, psicóloga e avaliação postural com fisioterapeutas”.

Os resultados aparecem no dia a dia dos alunos e também de seus parentes. “Os pais relatam que as crianças mudaram de comportamento, com as recomendações de especialistas eles estão mais focados na organização da alimentação. Se preocupando em comer bem. Esse trabalho nutricional tem gerados relatos muitos positivos na comunidade”, também destacou João.

Telessaúde

Os principais programas da Atenção Básica foram pauta do EEFAB em Mato Grosso, e o Telessaúde também teve seu destaque. Com o serviço, profissionais de saúde podem tirar dúvidas de casos clínicos com especialistas, aumentando a resolutividade da Atenção Básica.

“O Telessaúde é um programa que busca esclarecer dúvidas sobre diagnóstico e tratamento, baseadas nas melhores evidências científicas. O objetivo é ajudar a resolver os problemas de saúde dos pacientes de maneira mais rápida com o objetivo de ampliar o cuidado realizado na Atenção básica, encurtando as distâncias e aprimorando o cuidado aos pacientes nas UBS.” ressaltou Dirceu Klitzke, profissional do Gabinete do Departamento de Atenção Básica (DAB/SAS/MS).

Importante ferramenta para acessar uma segunda opinião sobre diagnósticos, sendo cada vez mais fortalecido em todas as regiões do Brasil. Em Mato Grosso, o Telessaúde ampliou o acesso à saúde em importantes regiões e se destaca também como processo de educação permanente.

Fotos 

Encaminhamentos

A melhoria da qualidade do atendimento, a ampliação das ações ofertadas e o aumento da capacidade clínica, a partir do desenvolvimento de ações de apoio à atenção à saúde e de educação permanente para as equipes norteiam cada encontro. Para além disso, as agendas estaduais geram importantes frutos. Em Mato Grosso, o 20º EEFAB resultou na ideia de um Fórum das equipes regionais de saúde.

“O Encontro Estadual para Fortalecimento da Atenção Básica criou um rico e importante espaço de debate. Isso nos mostra que preciso desenvolver novas estratégias de qualificação dos serviços e promover outras discussões sobre processo de trabalho. Nossa ideia é realizar um fórum com equipes que reunirá MS (apoiadores técnicos), o núcleo do Ministério da Saúde nos estados (Nems), os escritórios regionais de saúde e os secretários municipais de saúde”, explicou Regina Paula.

Outro passo realizado na garantia pela qualificação dos espaços de trabalho dos profissionais da AB em Mato Grosso, o lançamento do Boletim de Atenção Primária à Saúde atende à necessidade de troca de informações, bem como traz mais transparência aos processos de trabalho considerando as especificidades da região.


Para acessá-lo, clique no link //www.saude.mt.gov.br/arquivo/7869

Encontros - Os Encontros Estaduais para fortalecimento da Atenção Básica têm o objetivo de discutir os principais programas e propostas para aprimorar a AB em cada estado do país. Os eventos estão sendo organizados pelo Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, em parceria com as Secretarias de Estado e Cosems. O objetivo é construir uma agenda conjunta do Governo Federal com os estados e municípios, identificando os principais desafios para a concretização de uma Atenção Básica acolhedora e resolutiva, capaz de ordenar a Rede de Atenção à Saúde, e propondo estratégias de superação dos desafios, de forma tripartite.

Apresentações 

Processo de trabalho na Atenção Básica 
Nasf-AB - reflexões e pontencialidades 
Atenção primária em MT 
Experiência exitosa - Juína 
Experiência exitosa - Sorriso 
e-SUS na AB 
PMAQ 
PNAB
Requalifica 
Território e Territorialização 
Saúde Bucal 


Fonte: - Autor(es): -